CRCCE cria Comissão de Trabalho inédita no Brasil

O Conselho Regional de Contabilidade do Ceará - CRCCE cria a Comissão de Contabilidade para Infoprodutos e Negócios Digitais, a primeira desta categoria a ser criada no Brasil, o que torna o CRCCE pioneiro em sua iniciativa. A Comissão é presidida pelos contadores Luís Flávio da Silva de Moura e José Erisvam de Freitas Sousa, respectivamente, presidente e vice-presidente.

“Nossos esforços são em prol do avanço no que tange o reconhecimento da essencialidade do profissional da contabilidade para o desenvolvimento social e econômico do nosso País, e para isso temos que estar familiarizados com os adventos tecnológicos. Infoprodutos e negócios digitais não é algo futurista, pelo contrário, é o nosso dia a dia, por isso fazemos questão que os profissionais que atuam nesta área estejam afiados com a legislação e todo o aparato necessário para melhor atender os seus clientes”, ressalta o presidente do CRCCE, Fellipe Guerra.

De acordo com o contador Luis Flávio, a Comissão tem como objetivo: “debater entre a classe as particularidades enfrentadas pelo profissional contador que atende este segmento, e propor soluções para as situações vivenciadas, além de buscar a interação e a comunicação com outros órgãos sobre assuntos inerentes ao mercado, como Receita Federal, IBGE e Junta Comercial”, explica.

O contador menciona que a Comissão terá sua atuação fortemente marcada através da criação de grupos de trabalho (GT) que estudarão e proporão soluções sobre temas específicos. “Cada GT possui um coordenador e até oito contadores em cada, para permitir uma interação e participação de todos. Dessa forma, cada GT irá propor pareceres sobre os pontos de discussão apresentados, que serão votados pela Comissão pela aprovação ou não, o que passará a servir como orientação para a classe contábil sobre aquele determinado assunto”, relata.

Luis Flávio revela ainda que tem como expectativa finalizar o ano de 2022 proporcionando muito mais clareza sobre os negócios digitais para os contadores. “Que eles possam ter cartilhas, materiais de apoio, manuais gerados pela Comissão para que lhe auxiliem nos seus trabalhos como profissionais da contabilidade'', indaga.

Já o contador José Erisvam de Freitas Sousa, aponta que sua expectativa como vice-presidente é: “contribuir para o fortalecimento das boas práticas contábeis no mercado digital, consolidar e padronizar através dos grupos de trabalho as diretrizes para resolver as dores e dúvidas dos empreendedores digitais”, diz.

Em relação às primeiras ações a serem implementadas em 2022, o promissão destaca: “a aprovação do calendário com todas as datas de reuniões ordinárias em 2022, além de se criar os cinco primeiros grupos de trabalho, com a definição de cada coordenador, e o direcionamento de cada temática que será estudada”, conclui.

Equipe de Comunicação do CRCCE

Contato: imprensa@crc-ce.org.br